domingo, 15 de janeiro de 2017

QUIOSQUES DA SAÚDE

Parece que agora querem rediscutir os tais “Quiosques da Saúde” implantados ao longo da orla do Guará II. Está mais que passando da hora de dar um destino aos tais monstrengos, que fechados de nada servem, como hoje estão.


Quando implantados, o pessoal que corria ou fazia caminhada no calçadão aproveitava para dar uma parada e medir a pressão arterial. Hoje são dois que fazem parte do arsenal de obras inúteis da cidade, pois só servem quando tem alguma finalidade e não abandonados como estão, apenas enfeiando a paisagem.
Os usuários do Calçadão da Vergonha estão pedindo que se reative, para que possam utilizar os serviços e não terem que enfrentar caminhadas extras até o posto de saúde.
Talvez o maior problema é quem fará a tal medição, durante todos os dias da semana, nos dois postos existentes?
É preciso que todos se unam para provocar a reabertura dos locais para que os nossos usadões (os idosos) possam fazer suas caminhadas ou corridas, com a pressão devidamente aferida, para evitar algum tipo de problema com a exposição ao sol ou esforço físico continuado.
Bem que o pessoal da Regional de Saúde do Guará poderia quebrar esse galho, utilizando-se dos diversos alunos das faculdades que prestam serviço aos postos de saúde da cidade, pode ser até em dias alternados.
Tenho certeza que o pleito seria estudado ou talvez atendido de imediato, afinal não custa nada tentar, vai que cola?

Com saúde não é bom brincar.