terça-feira, 3 de janeiro de 2017

O CÉU NA TERRA





Acabei de acessar o Facebook e me senti um estranho no ninho. Pensei ter errado e entrado por engano em alguma página do céu, onde bondosos anjos postam tanta coisa
bacana que mal posso crer que vivam aqui na terra. Uma terra onde tudo parece ser guiado apenas por um sentimento, o desprezo por coisas boas, tornando às vezes a terra uma morada perfeita para a desagregação entre as pessoas que hoje, em frases bonitas e ensaiadas, pregam esse amor que não existe durante o ano.
Tenho plena certeza que esse amor não existirá nos próximos anos, pois muda apenas uma data no calendário. As pessoas continuarão a serem elas mesmas, com poucas virtudes e muitos erros.
É uma pena, vamos continuar nos iludindo na esperança que tudo será realmente novo, mas que na verdade não resistirá ao fim do mês que vem.

Essa é a terra do nunca, pois por mais que persigamos jamais chegaremos a um pleno ano novo, realmente novo.