sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

FERMENTO POUCO É BOBAGEM

Quando se fala que no Guará parece que tudo pode. Muita gente faz biquinho de raiva, mas o que se vê só confirma o que sempre escrevemos.


Basta dar uma volta por aí para ver os descalabros praticados nessa região, parece até brincadeira mas a coisa é muito séria.
Inúmeros são os casos de invasão de área pública por aqui, todo dia nos deparamos com um caso novo, dá gosto ver tanta inércia dos órgãos fiscalizadores, ninguém liga pra nada, enquanto isso a coisa se avoluma.
Além dos bloquinhos marotos que volta e meia surgem do nada, verdadeiros condomínios estão sendo montados em áreas onde não são permitidos, mas, aparentemente, tudo muito bem tramado, graças a omissão daqueles que deveriam coibir, mas fazem cara de paisagem e providências não são tomadas, facilitando a proliferação desses monstrengos na cidade.
Agora a moda é estacionar um trailer em algum estacionamento e deixá-lo ocupando vagas e ferindo o visual que já não é tão belo.
Os quiosques parecem que estão sendo construídos com fermento misturado com cimento, cada dia os trambolhos vão inchando e cada vez ocupando mais espaço, alguns já estão se preparando para construírem o segundo andar para, quem sabe, utilizarem como moradia ou sublocarem para ganhar algum.

Uma vergonha pra ninguém botar defeito!