sábado, 28 de abril de 2018

POUCA BALA

O Caixa Preta ainda com cara de ressaca apareceu lá no Porcão. Pedimos logo a nossa cerva e começamos a beber. Fiquei esperando o velho Caixa abrir os trabalhos e contar algum caso pois eu estava doido pra dar umas risadas já que tinha acabado de ler o jornal com aquelas notícias políticas nojentas de todo dia.



sexta-feira, 27 de abril de 2018

BURACOS PINTADOS

Custei acreditar no que vi, mas posso garantir que não gostei nem um pouco. Mais uma vez dei de cara com o pessoal contratado pelo Detran jogando dinheiro público fora, parecendo que a ordem é gastar mesmo, já que depois o pobre contribuinte paga.




quinta-feira, 26 de abril de 2018

É BOM SER POBRE

O meu amigo Caixa Preta sempre arruma uma pra me contar, quando não tem ele inventa e diz que é verdade.
Lá na praça ele resolveu filosofar e veio falar da grande vantagem em ser pobre e duro, soltou algumas pérolas que anotei, algumas dignas do Nobel de Filosofia.



quarta-feira, 25 de abril de 2018

TRISTE DESTINO

Tudo indica que a molecada está achando uma maravilha serem vidas “lokas”,copiando essa prática nefasta que foi incorporada por alguns imbecílóides daqui , estão tocando terror nos becos e descampados das quadras, tendo como vítimas preferencialmente jovens e senhoras desacompanhadas, pois os babacas não têm coragem de abordar os marmanjos.



terça-feira, 24 de abril de 2018

O TESTE

Lá no Porcão, entre uma cerveja e outra, eu e o Caixa Preta estávamos colocando o papo em dia. Conversa vai, conversa vem, o velho Caixa começou a lembrar quando fez o primeiro concurso para agente da Polícia Federal. As provas eram muito difíceis, mas o pior eram as provas de aptidão física que o cabra passou a me contar.



segunda-feira, 23 de abril de 2018

CÓDIGO FRANKENSTEIN

Lá vem a CLDF sempre na contramão de tudo que é bom para o DF, com mais uma de suas invenções tentando aprovar o novo Código de Obras através de votações a toque de caixa, tentando ganhar o eleitor de qualquer maneira, mesmo que para isso tenha que atropelar direitos, beneficiando infratores de todas as camadas.




O novo Código de Obras é um descalabro que foi aprovado e promete dar mais agilidade nas liberações de licenciamento, uma verdadeira ode à impunidade.
Acontece que, com a grande quantidade de emendas, sempre com o intuito de beneficiar alguns chegados, a coisa parece não vai sair tão boa para a população do DF. Os maiores beneficiários são os que burlam as leis.
Até emendas para diminuir o poder de fiscalização da Agefis rolaram. Agora o invasor de terras públicas terá de ser notificado e vai ter um prazo de trinta dias, com mais dez para apresentar recurso. Com isso abrem a porteira para as invasões, esse câncer do DF, tudo isso embutiram no Código “Frankenstein”,que eles estão chamando de a salvação da lavoura.
Mas o toque lapidar foi dado pela bancada evangélica, onde reduz multas, dobra prazos para adequação de templos religiosos, um mimo que não será estendido ao resto da população, que segue leis e resoluções. 
Só espera-se que o governo ponha ordem na bagaça e não deixe essa falta de senso prosperar.

sexta-feira, 20 de abril de 2018

BRASÍLIA - AMOR ETERNO

Brasília, sua linda! Completando 58 anos já é uma “Balzaquiana” de respeito, apesar desse jeito largadão, com ares de abandonada, continua resistindo, de cabeça erguida vai levando, ainda com ares de rainha, embelezando o Planalto Central.



segunda-feira, 16 de abril de 2018

SILÊNCIO ENSURDECEDOR

Depois de muito pensar, cheguei a conclusão que a tal da Lei do Silêncio que querem nos empurrar goela abaixo, nada mais é do que uma promessa eleitoreira feita em mesa de boteco depois de algumas doses, pois a coisa é tão sem noção que só pode ser obra de algum desocupado ou bêbado.



quinta-feira, 12 de abril de 2018

EMPLACADOS

Quando encontro o Caixa Preta sinto que o cabra está cada dia mais irritado com o festival de irregularidades, invasões e outras aberrações que tiram o contribuinte do sério.



sábado, 7 de abril de 2018

CONTROLE RIGOROSO

Fazia algum tempo que eu não via o Caixa Preta, o cabra andava sumido, pensei até que ele estivesse doente.



sexta-feira, 6 de abril de 2018

RETRATO DO DESCASO

Por mais que moradores e lideranças da QE-32 peçam, seja enviando ofícios ou protestando a coisa por lá não anda! Estou me referindo a praça da quadra que parece entregue ao descaso e condenada ao abandono, tal é a situação de deterioração que passa atualmente esse tão importante ponto de encontro da comunidade.


terça-feira, 3 de abril de 2018

BOTECO DE RESPONSA

Eu e o Caixa Preta, nos dirigimos ao Porcão para botar o papo em dia e curtir aquela falta de higiene tão conhecida pela galera.
Sentamos lá no nosso ponto estratégico, onde não dá para sentir a catinga de gordura que vem da cozinha e deixa a gente, algumas vezes, com ânsia de vômito.


segunda-feira, 2 de abril de 2018

O BOLO

Essa quem me contou foi o Caixa Preta, o cabra diz que foi por essas bandas. Um amigo dele era um pé de cana inveterado, bebia todos os dias, começava assim que o boteco abria.