quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

SOBRE SAMBAS E MANGUEIRAS



Quando chega Fevereiro o povo fica de cabelo em pé com a aproximação cruel da entrada da Mangueira, noites insones e inquietação marcam o período que antecede a entrada,
mas pelo jeito esse ano vai entrar rasgando, deixando a população mais uma vez fantasiada de palhaço com confete na mão.
Um governo que diz não ter dinheiro nem para a água nas repartições públicas, está alardeando ao quatro ventos que vai torrar mais de 2 milhões com a folia de momo. Parece que o circo já está armado e os beneficiados com essa grana já estão babando de alegria.
Mas pelo jeito a população vai sambar no que é realmente importante e necessário, vendo dançar o suado dinheiro dos impostos, arrancado na marra do nosso bolso.
Até quando o povo vai aguentar viver dessa enganação, os governantes aumentam o gasto com o circo e deixam faltar o pão, que são os serviços básicos tais como saúde, segurança, educação, mobilidade, saneamento básico...tudo isso vem sendo negado constantemente desde o início deste governo.

Mas esperar o que dessa turma? Até janelas já foram inauguradas, isso entre outras trapalhadas, que apesar de provocar risos, fazem chorar aqueles que realmente necessitam dos serviços do Estado, que constantemente é negado ao pobre cidadão.