quinta-feira, 11 de outubro de 2018

HAJA RIVOTRIL

Eleições quase chegando, eu e o Caixa Preta fomos parar lá no Porcão depois de passar na feira do Guará pra ver a guerra dos cabos eleitorais, quem sabe dar de cara com algum candidato meio desesperado, beijando até cachorro.




Sentados na nossa mesa favorita, com a famosa Canela de Pedreiro, que vem a ser aquela cerveja estupidamente gelada pois o calor que faz deixa o capeta com saudades do inferno, ninguém aguenta esse clima do Saara.
Daqui a algumas semanas teremos eleições, o desespero já começou a bater, o pessoal que não perde uma, pra sacanear dizem que o estoque de Rivotril baixou assustadoramente nas principais farmácias da cidade, mas para tranquilizar a turma já pediu reposição de estoque.
Isso sem contar com consultas marcadas com psicólogos(agendas lotadas), poucas vagas em clínicas de repouso para citar o nível de desespero na corrida por aquela boquinha tão sonhada.
Aos menos favorecidos restaram, mães de santo, tarologos, runas, promessas de alguns desesperados que não conseguirão nem com reza brava o tão almejado mandato que poderia livrá-los ou retardar aqueles processos que de vez em quando batem a porta só pra incomodar.
Apavorados estão também estão os puxas sacos que já começam a vagar por aí, parecendo zumbis, querendo nem que seja uma licença de ambulante pra se defender dos tempos bicudos que irão ter que amargar, até encontrar o abrigo em outro saco amigo.