quinta-feira, 30 de agosto de 2018

AOS CHEGADOS,TUDO

Passando ali na QE-26 do Guará II, dei de cara com mais uma grande “obra”, pra não dizer merda: um prediozinho maroto, que foi construído através de forças divinas já que ninguém sabe quem autorizou a tal construção, apesar de lá na Administração estar tudo registrado com nome e endereço de quem facilitou o mal feito.



Agora, descaradamente, estão arrancando todo o gramado em frente a uma área predominantemente residencial para brindar com estacionamento no local, feito com máquinas e homens do governo, para aumentar a indignação da população com os descalabros que ocorrem por todo Guará, virou terra sem dono.
Uma obra toda irregular, com um estacionamento digno de muitos supermercados, numa descabida agressão ao meio ambiente, arrancando todo o gramado, impermeabilizando o solo e arrancando árvores, ao arrepio do plano urbanístico ainda em vigor por aqui, pois a Luos ainda não foi aprovada e tão cedo não será.
A cidade com diversos problemas esperando uma solução, mas os chegados não podem esperar, o dinheiro dos nossos impostos é para atender a galera que, apesar de não fazer questão das vias normais, ainda encontram respaldo em órgãos fiscalizadores. Tome obras irregulares, tudo na maior cara de pau.
A vizinhança está revoltada, pois as ruas estão todas esburacadas e a velha desculpa de falta de verba para tal sempre aparece nessa hora.
Se o caso é pra atender os chegados, então, dane-se o contribuinte.