segunda-feira, 20 de março de 2017

ATROPELANDO LEIS

Parece que as coisas para a saúde, pelo menos aqui no Guará, estão nos eixos. Isso graças a movimentação das pessoas que resolveram se manifestar contra o possível fechamento dos postos de saúde espalhados aqui na região.


Mas o que realmente está revoltando o Caixa Preta são os prediozinhos marotos que volta e meia surgem do nada aqui no Guará, um exemplo está atrás da delegacia, que agora abriga um restaurante localizado fora da área onde é permitida tais construções.
As desculpas são as mais variadas e cretinas possíveis, mas na visão do velho Caixa, a pior é falarem que a nova Lei de Uso e Ocupação do Solo-LUOS não foi aprovada.
Se ainda não foi aprovada, significa existir uma ainda vigente, pois enquanto os distritais não votarem as mudanças, continuam valendo as determinações anteriores.
Portanto é vergonhosa essa omissão em relação a esse descalabro. Com essas coisas matam o plano urbanístico da cidade, juntando a isso uma série de problemas que vêm embutidos nessa brincadeira de mau gosto.
Os moradores veem ir para o ralo toda a infraestrutura que está muito próxima do colapso total, colocando em risco toda boa qualidade de vida ainda usufruída pelos habitantes, mas muitas vezes são podadas por ações dessa natureza, liberando essas tais construções em áreas onde não são permitidas.
Nós hoje temos sérios problemas de mobilidade, acessibilidade além de vários outros. Muito pouco tem sido feito para reverter tal quadro, pois a preocupação maior é o Ôba Ôba reinante por aqui, o resto que se exploda.
Até quando essa farra vai continuar ??