domingo, 4 de dezembro de 2016

DEVOLUÇÃO NEGADA

Quando lembro das histórias contadas pelo meu amigo Caixa Preta, do nada tenho crise de risos. Quem me vê sorrindo sozinho pensa logo que eu estou pirando.


Mas não é nada disso, agora mesmo me lembrei de uma que o velho Caixa me contou lá no Porcão, entre os palavrões que carinhosamente trocava com o energúmeno do Galak, um troglodita em matéria de boas maneiras.
Segundo o velho Caixa, foi implacavelmente perseguido pelas ruas e avenidas do Guará por uma viatura da polícia.
Estava ele passeando tranquilamente de carro quando ouviu a sirene do carro patrulha, não pensou duas vezes e fincou o pé no acelerador.
Depois de quase meia hora de perseguição, sentiu que era hora de parar pra evitar consequências piores, diminuiu a marcha e parou no acostamento.
O soldado veio em sua direção e muito tranquilo foi logo falando: - Cidadão, desça do veículo, mostre os documentos e me dê um bom motivo para não multá-lo e apreender o seu veículo.
Gaiato como sempre o Guerrilheiro do Cerrado tranquilamente e na maior cara de pau deu uma explicação que quase mata o policial de tanto rir.
- Sabe o que é seu “guarda”?...Minha mulher no mês passado fugiu com um policial e quando ouvi a sirene me assustei, pois pensei que você estava querendo devolver.

Merecia ter sido preso!