terça-feira, 6 de novembro de 2018

PONTE AÉREA

Parece que Brasília está perto de se tornar a terra de pão e mel sonhada por Dom Bosco, pois, segundo o governador eleito, com as visitas feitas aos dois estados modelo do país, Rio de Janeiro e São Paulo, onde tudo serve de modelo para o resto do mundo, Brasília estará pronta para encarar o abismo que se escancarou com a sua eleição.






Do Rio vai importar o modelo de segurança pública que faz inveja até aos países mais avançados da Europa, basta ver a paz que se instalou por lá depois da intervenção. Parece o paraíso de tão calmo, inclusive elegeu um governador que é fã de carteirinha do extermínio puro e simples. As milícias estão rindo à toa, pois agora serão devidamente institucionalizadas.
De São Paulo, foi buscar o modelo de progresso na economia falida e de indústrias na pindaíba. Sem contar com o belo modelo de mobilidade que tem encantado aos países mais desenvolvidos.
Para fechar com chave de ouro, teve um encontro com o presidente onde o mais importante foi a presença dos filhos, com aquelas poses para fotos de Facebook e que sem dúvidas cuidarão de toda logística governamental, inclusive com algumas dicas de Michelzinho.
Foi fazer um check-up no Hospital Sírio-Libanês em São Paulo dando a maior ênfase a medicina praticada por aqui, confirmando mais uma vez uma frase do Senador Magalhães Pinto na década de 70: “O melhor hospital de Brasília é a ponte aérea Brasília  -São Paulo” deixando muita gente bicuda por essas bandas.
Mesmo não sabendo como, pois dificilmente não conseguirá nem consertar as pendengas da Secretária de Saúde daqui, vai transformá-la em duas. Quem sabe dessa forma não enterra de vez o sistema por aqui.
Fico me perguntando onde andava esse santo, e por que não apareceu antes? Quem sabe já não teriam decretado o fim do DF.
Até agora só encheu linguiça! Quero ver quando Janeiro chegar, espero que o tempo demore a passar.