quinta-feira, 20 de julho de 2017

TOMA! QUE O FILHO É TEU !!

O Caixa Preta estava uma arara. Mesmo sem ele me contar acho que o problema é a mulher dele que não se dá muito bem com a sogra, que por acaso é a mãe do maluco. Dizem que a velha é uma megera, ranzinza e não se dá muito bem com a nora.


Preocupado com o semblante carregado do amigo, fui logo querendo saber o motivo daquela raiva toda, enquanto isso o bicho babava pelos cantos da boca, fiquei imaginando que se ele me mordesse talvez não tivesse vacina lá no posto de saúde, apesar do medo, permaneci quieto esperando que ele me contasse o que realmente acontecera.
Depois de alguns goles de cerveja, um pouco mais relaxado, o velho Caixa resolveu contar o drama que o atormentava.
O cabra outro dia chegou em casa pra lá de Bagdá, cheio de cachaça, deitou no sofá pois não aguentou nem tirar a roupa, ficou com o cachorro lambendo a boca do pobre bebum.
Foi então que a mulher do velho Caixa resolveu dar uma sacaneada na sogra, ligou pra véia e mandou ver.
-Querida sogra,(traduzindo: Jararaca do papo amarelo)pode me dizer quem deve limpar o filho quando ele se caga todo? O pai ou a mãe?
A véia sem entender muito respondeu: - Claro que é sempre a mãe minha querida.
Sem deixar a Jararaca, digo, a sogra desligar lascou: - Então, por favor, venha até aqui limpar esse cretino do seu filho, que chegou bêbado e está aqui no sofá todo cagado.

Quase enfartei tentando me segurar e não soltar uma gargalhada.