terça-feira, 18 de dezembro de 2018

NA LINHA

Meu grande amigo Caixa Preta de vez em quando solta umas frases de efeito que em muito lembra os antigos pensadores, para ilustrar o que digo aí vai a última dele: “Há males que vem para o bem, mas sinceramente nunca conheci nenhum”.



Foi pedido para ninguém se estressar e nem se desesperar, preferível guardar forças, pois ainda pode piorar e muito, principalmente depois da vergonhosa aprovação da tal Lei de Uso e Ocupação do Solo-LUOS que recebeu mais emendas marotas que as cartinhas enviadas pela criançada pra Papai Noel, uma verdadeira colcha de retalhos.
Basta ver o que acontece aqui no Guará pra todo mundo ver, alguns já estão se antecipando para não perder o embalo.
O caso mais absurdo é de um container enorme usado para exportar produtos para a China que está estacionado bem atrás do Ed. Dolce Vitta, área pública devidamente invadida sem que ninguém tome qualquer medida para coibir o abuso.
Um gaiato estacionou logo ali na saída do Guará Parque para o Guará II, logo depois da linha férrea um lindo container que se transformará por certo em um quiosque e, mais certo ainda é que acabará com o sossego dos moradores do prédio próximo, com extensão para abrigo dos afortunados invasores de área pública que cada dia proliferam pela cidade.
Tudo está perfeito, já cimentaram uma boa parte sobre o gramado que por lá existia, estrategicamente situado ao lado de um campo de futebol de salão e um Ponto de Encontro Comunitário, desses que foram espalhados pela cidade para atender preferencialmente aos chegados e os templos espalhados pela cidade, mas isso é outro assunto, vamos deixar pra depois. Voltemos ao tal container, que já possui até instalação elétrica puxada através de algum gato, além da tendinha para abrigar os futuros frequentadores do quiosque que talvez se chame: Na Linha ou Container Ninguém Acredita.
Né mole não!.