terça-feira, 12 de dezembro de 2017

ESTAMOS ENCOLHENDO

Quando os aprendizes de feiticeiros do governo se reúnem, podem esperar que coisa boa não vem. A bola da vez são as novas poligonais das RA’s, que primeiro passaram pelo crivo de administradores, onde alguns comprometidos com o político ou partido que os indicam e nenhum afinco com a cidade, chegam dando vários palpites. O resultado é um amontoado de ideias malucas.


Nessa brincadeira de mal gosto quem mais uma vez foi prejudicado, para variar, foi o Guará que teve seus limites diminuídos, sabe-se lá com que propósito.
Estive na Audiência Pública onde o assunto foi tratado. Confesso que não gostei da exposição capenga que deixou muitos que lá estavam com os cabelos em pé com as mirabolantes ideias da turma.
Tudo indica que dentro desse angu mais uma vez tem caroço, e dos grandes, que não dá para engolir nem com muita água e boa vontade, tudo resultado de mentes “criativas” dos responsáveis por mais essa aberração que precisa ser revista com a participação de todos e não dentro do escritório de alguns.
No caso do Guará, não posso acreditar que a nossa população fique mais uma vez na zona de conforto vendo o nosso território ser repassado para outras regiões de mão beijada por esses iluminados.
Perdemos a região do Jóquei e a parte abaixo da rodovia, ambos farão parte agora da região de Vicente Pires, onde justamente o interesse dos moradores foi contrariado, pois essa era uma questão que já havia sido amplamente discutida com moradores da região. Todos eram contrários a essa passagem para a RA de Vicente Pires, mas apenas para atender ao lobby da construção civil que não podem ter os seus interesses contrariados, enquanto isso a população que se lasque.
Vamos acordar Guará!