quarta-feira, 11 de outubro de 2017

FILOSOFANDO

Sempre quando reclamamos do comportamento das pessoas, esquecemos muitas vezes de olhar para o próprio rabo, pois talvez seja mais fácil apontar os erros de outros.
Existem diferenças de atitudes no sentido de querer mudar, melhorar, crescer e ser, basta prestar um pouco de atenção que realmente as diferenças saltam aos olhos de qualquer um com o mínimo de decência.


Somos pobres, a nossa pobreza começa na nossa eterna falta de atitude, aliás, falta vontade para cumprir e assumir responsabilidades, mesmo as pequenas.
Queremos levar vantagem sobre tudo e todos, mesmo que para isso tenhamos que fazer coisa por vezes condenáveis no nosso cotidiano.
Sempre quando vemos algo errado, sabendo que não é o certo, dizemos: “-Deixa pra lá, não adianta, nada vai mudar mesmo. Deixa como está, isso vai dar trabalho, não mexe com isso”.
Claro existem pessoas que fazem a diferença, e não são poucas, ainda bem. Mas, existem muitas que necessitam entender, que a falta de princípios nas coisas mais simples do nosso dia a dia, talvez seja a raiz de toda miséria e corrupção existente em nosso país.
Façamos então uma profunda reflexão, passemos a ter pensamentos que gerem atitudes boas e produtivas, olhemos em volta para poder enxergar um pouco mais. Sabemos que a mudança de atitude gera melhoria para todos, inclusive são bons hábitos que refletem no nosso estilo de vida.
O estilo de vida é o reflexo do nosso caráter, tudo isso faz parte da nossa vida, somado a bons hábitos e atitudes que cultivamos.
Nós somos o que pensamos, não o que pensamos que somos.