segunda-feira, 16 de outubro de 2017

CIRCO ARMADO

Depois de uma Audiência Pública sobre Parceria Público-Privado-PPP que deverá ser implantada por esse governo aqui no Guará, tive certeza que mais uma vez vamos ter nossos direitos jogados para escanteio, pois o grande circo armado, mostrou o que podemos esperar de tudo isso. Garanto que nada de bom sairá para a população.


Essa aberração que querem implantar por aqui é uma verdadeira afronta à nossa inteligência e a população do Guará,
Qual a real necessidade que temos disso que estão querendo empurrar goela a baixo a toque de caixa?
Nossa cidade carece cada vez mais de obras de infraestrutura e o que se vê é um festival de mágicas mirabolantes, sem que nada venha a solucionar ou minorar os problemas existentes no Guará.
Cada dia sente-se mais o crescimento desordenado imposto por visões distorcidas e alheias as reais necessidade de nossa cidade. Em vez dessa aberração que querem nos impor, poderiam melhor direcionar, atendendo as muitas reivindicações dos moradores que a muito esperam por alguma melhoria de fato.
Não se fala aqui em pintura de meio-fio, poda de árvores ou algum evento para aferir pressão que não seja para servir de palanque para políticos.
Precisamos abrir os olhos para não deixar oportunidades que possam beneficiar a população sejam desviadas para obras sem nenhum cunho benéfico para todos, apenas para atender a alguns “chegados” ou simplesmente gastar por gastar.
O que tem de se fazer é revitalizar todo o Cave, para que a população venha a usufruir realmente de um espaço que lhe pertence por direito, mas lhe é vedado pelo próprio poder público que se preocupa em fazer grandes obras, sem atentar para o que realmente representa para a população em termos de retorno e benefícios.
Por que não terminar o “Calçadão da Vergonha” ou a Ciclovia que liga o nada ao lugar nenhum? A resposta talvez seja tão aterradora e inacreditável que é melhor fazer de conta que não é no Guará! Uma falta de vergonha que transcende o limite do bom senso.