quarta-feira, 24 de agosto de 2016

DIETA DO CAIXA




Estava fugindo do Caixa Preta para não ouvir aquelas histórias cretinas que ele sempre me conta, querendo que eu acredite e não ria das maluquices.
De repente do nada surge o cabra! Se eu fosse doente do coração tinha empacotado na hora...fazer o que? Lá fomos nós parar no Porcão, o quiosque mais sujo da cidade. Nada de copo sujo, lá tudo é sujo, escorreguei na entrada, era a gordura acumulada por falta de uma boa coifa, quase desisto.
Notei que o velho Caixa estava um pouco mais magro, parecia que as orelhas tinham diminuído,devia ter perdido uns cem gramas, resolvi perguntar o porque dele parecer mais magro. Pra que?
Lá vem história, diz ele que foi ao médico pois sentia que a gordura estava incomodando. Talvez tivesse por lá uma receita para perder alguns incômodos quilos.
O médico, segundo ele, passou uma dieta maluca que ele fez questão de recitar ela toda pra mim.
-Você pode comer normalmente dois dias, aí pula um dia, come normalmente dois dias, pula outro dia e assim você continua pelo resto mês. Fazendo isso, você deve perder pelo menos uns cinco quilos.
No mês seguinte o cabra voltou ao médico, só o “guimba”, tinha perdido uns quinze quilos, o médico surpreso diz ; - Parabéns! Estou vendo que seguiu as recomendações e a dieta funcionou.
- Obrigado doutor, mas quase que morro!
- De fome? A dieta não é tão rigorosa assim...
- Que fome que nada, foi de tanto pular!!