sábado, 4 de junho de 2016

HORTA VIRTUAL





Outro dia fizeram um auê danado, como sempre aquela “tchurma” que adora aparecer em jornal,principalmente quando o assunto é inutilidade ou encher linguiça,como diz o povo.O alvoroço todo era em torno da natimorta Horta Comunitária que até hoje não se tem conhecimento do que lá é plantado,parece que tudo é virtual.
Por curiosidade passei por lá,depois de muito procurar e nada achar,terminamos encontrando nada,simplesmente um salão,guardado por uma empresa de vigilância,talvez contratada a peso de ouro para proteger e guardar a área da horta,onde o que predomina é lixo,grama,e um mato nativo com a cerca servindo de varal para as casas em volta,uma verdadeira beleza ver tantas cuecas e calcinhas estendidas,um espetáculo pra ninguém botar defeito.
Um monte do que seria adubo orgânico,misturado com terra e um belo capinzal ,rodeado por nada,com falta de tudo,pois além dos sonhos de ver algo por lá plantado o que a população que poderia vir a se beneficiar,nem um pé de alface,apesar de técnicos do Ibram e da Nasa,com a presença da tchurma do me engana que eu gosto,fotos,juras “de que agora vai”...mas acaba não indo e o povo com cara de tacho fica aguardando a verdura que iria tornar o Guará um dos polos pioneiros de implantação de tais projetos, auto suficiente,dada a magnitude com que foi feita pela milionésima vez o lançamento da tal horta.

Que igual “Conceição” diz: “Se subiu ninguém sabe,ninguém viu”... a horta é virtual!!