segunda-feira, 16 de julho de 2018

TEMPO PERDIDO

Nem parece, mas o tempo passou numa velocidade danada que não percebemos, de repente nos damos conta que com essa velocidade, o Brasil e o mundo passam por momentos delicados, de uma forma ou de outra somos impiedosamente atingidos.



Nossos cabelos embranqueceram, com isso a chegada de mazelas como depressão, estresse, obesidade, doenças coronárias que matam sem dó nem piedade, se duvidar muito mais que na guerra.
Vamos fazer uma pequena análise de tudo isso, a começar com a nossa perda de tempo nesse transito caótico que temos de enfrentar todos os dias, esse tempo perdido não tem volta, isso nos tira muitas vezes do convívio com familiares e amigos, além de coisas que realmente gostamos. 
Com isso passamos a sair de casa cada dia mais cedo, chegando muitas vezes tarde da noite deixando de lado a educação de filhos pequenos e adolescentes, que estão sendo entregues a própria sorte, sendo criados pelo mundo.
O que se vê hoje é a terceirização da educação e da criação, deixando a cargo de babás, professores, creches a missão de criar e educar nossos filhos.
Não foi essa a evolução que esperávamos, dá uma vontade de voltar no tempo, mesmo que seja tempo perdido.