segunda-feira, 20 de novembro de 2017

FRESCURITES

Parece que o fim dos tempos está próximo como dizem as escrituras sagradas. Os sinais aparecem onde menos esperamos, tanta coisa acontecendo que só nos resta rezar para ver se conseguimos sobreviver mais um ano.
Aquele medo do futuro sempre deixa a galera de cabelo em pé, tem muita gente sem dormir direito só pensando no pior.


Mas o que me trouxe de volta a nossa realidade foi o alvoroço do Caixa Preta, o cabra estava pra lá de preocupado com o que viu.
Segundo o Caixa Preta, outro dia deu de cara com uma cena estarrecedora, parecia até um filme de terror desses que passam na TV e a gente fica sem dormir com medo durante uma semana.
O velho Caixa resolveu dar uma passada lá na praça da QE-30, ali onde fica a “Elite” tomando Whisky 12 anos, batendo papo, olhando as “gastinhas”(aquelas que já chegaram aos entas) passarem.
Pois não é que topou com a cena já citada, aquele garanhão da terceira idade (já aposentado das alegrias do sexo), mas mesmo assim um dos defensores da classe dos machos alfas do Guará, talvez o último “bastião” dos verdadeiros e raros machos do pedaço, aqueles que não tomam mel, comem a abelha com ferrão e tudo.
Do nada surgiu no recinto uma manicure a domicílio, de repente o cabra se transformou igual lobisomem quando vê lua cheia, parecia uma noiva em véspera de casamento querendo fazer as unhas, pediu para retirar as cutículas, e todo fagueiro foi pedindo logo uma base bem clarinha. Arre égua!!!Quando ele disse que ouviu algo como depilação, fazer o contorno...O velho Caixa saiu voado, pois pelo jeito o cabra ia longe com aquelas frescurites vindo à tona.
Vai que pega !!!