quarta-feira, 23 de maio de 2018

EXPLOSÕES À VISTA

Quando o Caixa Preta aparece de mau humor, sei que alguma coisa deve estar acontecendo na cidade, nunca erro.
Depois de nos acomodarmos em nossa mesa cativa lá no Porcão, tomando  aquela cerveja pra lá de gelada, o cabra resolveu botar pra fora o que o incomodava.



Vi que a coisa era muito séria, esperei ele começar o relato, do que o afligia e tive que concordar com a indignação do amigo.
Conta ele que outro dia passando pelo comércio da QE-15 deu de cara com uma aberração inconcebível para o local.
Três restaurantes ali localizados resolveram instalar suas centrais de gás na calçada, ocupando um espaço público e o que é pior, colocando em risco a integridade de suas lojas e da vizinhança.
Parece até brincadeira que os órgãos responsáveis demonstrem tanta falta de comprometimento com a população na hora de liberar alvarás aqui no Guará.
Para se ter ideia do absurdo, um dos gaiatos comerciantes resolveu não ocupar o seu espaço e instalou a tal central no meio da calçada do beco, entre o comércio e as residências.
Creio que passou da hora de tomar algumas resoluções drásticas, mesmo que isso contrarie o interesse dessa turma, mas preserve a vida e a integridade da população vizinha, que corre um tremendo risco ao ser exposta a tal descalabro.
Espero que o bom senso volte a imperar e coloquem ordem na bagaça, com a palavra, Bombeiros, Defesa Civil ,Agefis, Administração e demais responsáveis pela ordem no Guará.
Ou vamos esperar que aconteça o pior?