sexta-feira, 18 de maio de 2018

PRO SANTO

Essa o Caixa Preta me contou dizendo que tinha acontecido ali no Porcão, fiquei curioso e prestei atenção no caso que o cabra começou a contar.
Outro dia o quiosque estava lotado, chegou um tal de Tião que dizem ser mais grosso que pentelho de barrão, foi logo gritando :  - Bota uma caprichada pra mim.



Bebeu tudo numa talagada só, um dos que estavam por perto falou que devia ter jogado um pouco no chão e oferecido pro santo.
O Tião deu uma banana com o braço e gritou que pro santo ele dava era uma banana, repetindo o gesto.
Na mesma hora o braço do cara endureceu, que não se mexia, o cabra ficou desesperado, começou a chorar desconsoladamente.
- Tá vendo! O senhor ofendeu o santo e ele te castigou.
Resolveram todos se juntar numa oração para o braço do cabra voltar ao normal, fizeram uma roda rezaram e o braço foi voltando ao normal.
Um dos frequentadores, um velhinho ficou impressionado com o que viu, rapidamente pediu uma pinga e tomou tudo de uma vez.
O pessoal perguntou: - E o do santo? O velhinho baixou as calças pegou no bilau e gritou:- Tá aqui pro santo!
O danado endureceu na hora, o velhinho puxou uma pistola da cintura e gritou: - Se algum gaiato rezar aqui, eu passo bala!