quinta-feira, 22 de junho de 2017

PRAÇAS

As praças do Guará de um modo geral estão em completo abandono,na sua maioria frequentadas por vagabundos, usuários de drogas e tudo o que pode ocupar uma praça abandonada.


Ronnie Von lá na década de 60 cantava “A mesma praça, o mesmo banco,as mesmas flores e o mesmo jardim”…,quem não lembra desses versos que embalou muito namoro nesse Brasil afora, mas hoje o que se vê é um cenário de desolação nas praças do nosso Guará, pois “nem mesmo a praça, nem mesmo banco(algumas estão sem),nem mesmo jardim, nem mesmo flores”, em vez disso o lixo acumulado e a grande quantidade de folhas que caem das árvores.
Dá saudade de quando tínhamos praças, onde era tradição a vizinhança se encontrar para bater um papo descontraído no final da tarde, levando a tiracolo os filhos pequenos para curtir.
Tinha parquinhos, onde elas podiam brincar, as quadras poliesportivas bem cuidadas, algumas tinham atá aparelhos de ginástica onde os usadões e jovens aproveitavam, até os cachorros tinham o seu espaço para dar uma circulada trazido por seus donos.
Queremos nossas praças de volta e com elas tudo de bom que uma praça bem cuidada tem para receber gente de todas as idades, onde possamos sentar para disputar uma partida de dominó ou mesmo tomar uma com os amigos, como deve ser.

Queremos nossas praças!!!