terça-feira, 23 de janeiro de 2018

NADA PELA METADE

Continuo escutando tudo que falam a respeito de governo que temos hoje no DF, nunca se viu tanta incompetência em matéria de assessoria política, muita gente querendo usar o poder para se cacifar nas próximas eleições para ficar na sombra da goiabeira vendo o mundo pegar fogo. Não existe nada mais atraente do que os fartos seios da viúva.


Tem uma coisa que está deixando o Caixa Preta pra lá de preocupado, pois a falta de vergonha nesse país já se tornou lei e os estados, com seus indigentes mentais que ocupam cargos, costumam copiar pra não ficar fora da fila das safadezas contra a população. É uma coisa surreal.
Li em muitos jornais que alguns estados, aproveitando-se do surto de febre amarela, estão querendo aprontar pra cima do pobre cidadão. Diluir as vacinas disponíveis em frações para aplicar no povão. Seria semelhante a ser operado de câncer e ter só metade do tumor extirpado.
Espero que o DF ignore essa onda de falta de vergonha que hoje impera nesse país e não entre nessa, pois se fosse para aplicar só metade da dose, não seriam fabricadas doses únicas, pois a doença quando ataca, ela vem por inteiro e não fracionada.

Um comentário:

  1. Patrícia Maria Elizabeth de Oliveira Pinheiro25 de janeiro de 2018 21:09

    Mais estranho foi o comentário do "ministro", que só a vacina brasileira pode fracionar.....

    ResponderExcluir